Otimização de imagens

Imagem para internet: 6 regras básicas ignoradas por muita gente

By 17 de abril de 2017 One Comment
dicas de como escolher imagem para internet

Já ouviu aquela velha expressão “a primeira impressão é a que fica?”. Pois bem, funciona desta maneira com imagem para internet também. Quando você produz um conteúdo que precisa de imagens para ilustrar seus textos algumas regras básicas devem ser observadas para que as fotos deem vida ao conteúdo em vez de matar o que escreveu.

Além de enriquecer o conteúdo, deixá-lo mais bonito, as imagens ajudam na escaneabilidade. Pra quem não sabe, o conceito, na prática, tem a ver com o internauta passar os olhos sobre o texto antes de uma leitura mais profunda. Blocões só com textos tendem a desestimular. Bullets(aqueles pontinhos usados nos tópicos), entretítulos, quebra de parágrafos e imagens ajudam a tornar o texto mais escaneável.

A House desenvolve todos os tipos de site: institucionais, e-commerces, landing pages, blogs, hotsites.

Blocões de texto atrapalham leitura, use imagens. Créditos: Via VisualHunt

Anúncios – Goolge Adwords

Principalmente textos maiores, precisam ser escaneáveis. Uma imagem colocada em local estratégico de um artigo, por exemplo, dá um respiro na leitura, torna-a mais fluida e passa a impressão de que o texto é menor. Além disso, pode complementar as informações, ilustrar o que se diz, adicionar informações, pois também fazemos leituras delas.  

Mas imagem ruim dá a impressão de que quem as selecionou é amador. Já uma foto com boa qualidade para internet pode agregar ainda mais credibilidade. Você ou sua marca ainda terão mais relevância para seu público ao cuidar da qualidade das fotos.

Aqui vão dicas básicas para esclarecer e ajudar na hora que forem produzir seus ricos textos com imagens que têm a função de dar ainda mais credibilidade ao assunto de seus conteúdos. Parecem simples, mas muita gente esquece na prática.

Tamanho das imagens é documento, inclusive pro Google

Evite usar imagens de baixa qualidade, com menos de 72 dpis de resolução e medidas abaixo de 600×800. Elas têm um aspecto desfocado e sem nitidez. Outro detalhe importante, o senhor Google penaliza sites com imagens muito grandes porque pesa o site. Dessa forma, escolha fotos com boa resolução, mas sem exagerar no tamanho. Recomendo imagens de no máximo 1200X1200.  

Para evitar que você escolha imagens assim,  no Google existe um campo de busca muito útil. Nele você pode selecionar o tamanho que melhor para sua necessidade. Abaixo segue o campo para melhor entendimento.

A House desenvolve todos os tipos de site: institucionais, e-commerces, landing pages, blogs, hotsites.Velhas regras sobre qualidade de imagem continuam válidas para internet

  • Não utilizar fotografias escuras, pois elas não mostram claramente o assunto
  • Fotos tremidas, desfocadas, sem nitidez,  também dificultam mostrar o tema abordado
  •  Fotos estouradas, com uma luz muito alta também não ajuda
  • Fotos sem enquadramento correto cortam o assunto da imagem, no exemplo abaixo as pessoas dos cantos ficaram com uma parte do corpo cortada.

O ideal é fazer o chamado plano americano – do tórax pra cima – ou pegar o corpo inteiro. Nas imagens de objetos, certifique-se que ele está em evidência, que detalhes em volta não chamam mais atenção do que o assunto principal da fotografia. A regra vale para fotografias de pessoas também, claro.

Dê créditos

Para melhor impressão dos conteúdos é sempre recomendado usar o bom senso observar e essas pequenas regras, pois fazem a diferença no seu resultado final. E vale lembrar sempre que quando forem utilizar qualquer imagem ou fotografias sejam da internet por banco de imagem ou acervo fotográfico de alguém, colocar sempre os créditos respeitando os direitos de imagens de quem as produziu e ter sempre autorização dos mesmo para evitar qualquer transtorno ao seu trabalho.

A Agência House é uma empresa que tem como missão oferecer soluções criativas em tecnologia e internet para os mais diversos tipos de negócios. Para isso, a casa conta com profissionais especializados em desenvolvimento de sistemas, programação, gestão de redes sociais, produção e revisão de conteúdo, além de ter gente que entende de fotografia e design.